DEIXE SEU RECADO NO FIM DA PÁGINA, BJIN.

BEM-AVENTURADO O HOMEM QUE NÃO ANDA NO CONSELHO DOS ÍMPIOS, NÃO SE DETÉM NO CAMINHO DOS PECADORES, NEM SE ASSENTA NA RODA DOS ESCARNECEDORES.

Sl - 1:1

www.flickr.com
Itens de Drigorito Vá para Drigorito galeria

Meus amigos

terça-feira, 27 de setembro de 2011

Noivado.

Um passo no compromisso



O noivado na cultura judaica era um enlace formal entre um homem e uma mulher, um compromisso quase tão sério quanto o próprio casamento, no entanto, sem intimidade física.
De acordo com a Lei de Moisés, a penalidade por romper levianamente esse compromisso pela fornicação, adultério, incesto ou estupro era a morte por apedrejamento (Dt 22.23-30). Sob algumas circunstâncias, o noivado poderia ser desfeito através de uma documento de divórcio.
O período normal de duração de um noivado era de aproximadamente um ano. Maria e José estavam noivos, mas não viviam juntos durante o período de noivado. José é chamado de esposo de Maria (Mt 1.19), embora o relacionamento fosse ainda fisicamente celibatário.
Na cultura moderna, o noivado é considerado uma promessa de intenção de união pelo matrimônio de um casal, embora não seja um compromisso. Na verdade, o noivado hoje é visto como sendo o tempo de profunda intimidade no qual o casal tem a liberdade de certificar-se de que o casamento é o passo que eles querem dar. Noivar é o primeiro passo em direção à união de duas vidas, a combinação de duas personalidades e famílias, repleta com o potencial de muitas gerações vindouras.
(trecho retirado da Bíblia da Mulher).

Mas nos dias de hoje mesmo estando tudo mudado, mulheres emancipadas, ainda acho que a melhor opção é fazer a moda antiga, porque hoje a mulher está muito banalizada, vulgarizada pagando um preço muito alto por sua "Liberdade", mas esse é o meu pensamento e acho que cada um deve viver conforme suas convicções, mas busquem sempre uma resposta em Deus.

" De que maneira poderá o jovem guardar puro o seu caminho? Observando-o segundo a tua palavra. "


Dri Gorito.

sexta-feira, 23 de setembro de 2011

O PODER DO PERDÃO!



Ontem estava lendo o livro " O poder da mulher que ora ", e estava no capitulo que fala sobre PERDÃO, li tudo e comecei a refletir, porque na maioria das vezes achamos que só devemos pedir perdão a Deus ou a alguém se roubamos, matamos ou algo do tipo, mas não é bem assim, pecamos todos os dias e na maioria das vezes nem percebemos; pecamos ao falar mal de alguém, ao ter inveja, ciúme, desejar aquilo que outros tem, em não obedecermos nossos pais, até mesmo por pensamentos, por culpar a Deus por nossos problemas, enfim várias formas de cometer pecado e por todas essas coisas temos que pedir perdão todos os dias a Deus, em todo o momento; se alguém nos machuca profundamente é difícil perdoar, as vezes até pensamos que depois de um certo tempo perdoamos, mas lá no fundo de nossa alma, no mais obscuro de nosso interior algo continua a nos incomodar, significando que em verdade não conseguimos ainda perdoar, não quer dizer que não queiramos perdoar e sim que não tivemos forças para isso.
Quando nos encontramos numa situação dessas pensamos, como posso ser cristão se não consigo perdoar? mas Deus nos enviou um Consolador justamente para quando acharmos que não temos mais forças Ele estará lá para nos guiar e nos fortalecer, e se pedirmos a Deus que liberte do cativeiro aquele fragmento de nossa alma que ficou preso no ódio, rancor e perseverarmos nesse pedido Ele é misericordioso para nos socorrer e nos libertar verdadeiramente.
Não deixe que o inimigo mantenha fragmentos de sua alma presa seja na área que for, peça ajuda a quem de fato pode lhe ajudar
DEUS!!!



quinta-feira, 22 de setembro de 2011

Série de história sobre as mulheres da Bíblia.



MÍLCA

Mílca era filha de Harã irmão de Abrão e Naor, depois da morte de Harã, Naor seu tio a toma por esposa e segundo estudos tiveram 8 filhos sendo um deles chamado de Betuel que ao crescer, mudou-se para Padã-arã onde gerou Rebeca e Labão; a vida de Mílca é pouco falada na Bíblia, mas no futuro ela teria sua importância na história como sendo antecedente de Jacó vindo a ser sua avó por parte de mãe.
Nessa história fica meio complicado um paralelo com os dias de hoje, porque um tio não pode se casar com uma sobrinha, apesar de sabermos que em determinados lugares e culturas isso ainda acontece e é normal, mas naquela época também já era considerado como incesto, mas isso só foi permitido por Deus para que a raça humana descendesse de um único casal, tornando o casamento entre parentes necessário durante algum tempo.
Mílca em hebraico significa " Rainha ".
Até a próxima Mulheres da Bíblia.



Indicação de livro

Indico esse livro, estou lendo e a cada página aprendo mais sobre a vontade de Deus, seu amor e sua misericórdia para conosco, e Ele só quer de nós que O amemos e O busquemos em oração.



O QUE SERÁ DE NOSSAS CRIANÇAS.....

PEDOFILIA DENTRO DA PRÓPRIA CASA



Acusado de abusar sexualmente de meninas da própria família, sobrinha, enteada e até da própria filha, finalmente foi preso essa semana em Nilópolis (retirado do jornal Expresso).

Fico pensando onde vamos parar, em quem confiar, com quem contar, se os próprios pais estão molestando seus filhos e parentes, o que podem fazer com os que não são da família? não gosto de ver noticiários mas desse tipo me incomoda porque tenho 2 filhos e um dos meus maiores temores é justamente esse, sei que tudo está sob o controle de Deus, mas enquanto mãe meu instinto fala mais alto, oro à Deus insistentemente para que esse tipo de mal fique longe dos meus filhos e das crianças como um todo pois ninguém merece isso quanto mais um ser inocente, e que muitas vezes confia na pessoa que vai lhe molestar, é inaceitável; sei que Jesus manda que perdoemos uns aos outros, mas num momento desses a pessoa tem que ser muito espiritualizada para conseguir de verdade e não da boca pra fora perdoar uma monstruosidade dessas.
O verdadeiro perdão nos edifica, mas se ele não partir do amor a Cristo e em Cristo, viveremos assombrados por isso por toda a vida.
Fiquem atentos aos seus filhos!!


segunda-feira, 19 de setembro de 2011

Corra pra Jesus!


" NO MUNDO EM QUE VIVEMOS É FÁCIL NOS TORNARMOS MAIS AMARGOS, CONFUSOS, DESCONFIADOS, DESENCORAJADOS E ATÉ DEPRIMIDOS. "

Se vc não quer isso pra sua vida tem uma solução e ela se chama JESUS, não espere, o tempo não corre mais, ele voa.



Dri Gorito.

terça-feira, 13 de setembro de 2011

Como o Evangelho tem sido levado aos povos!!!



     Amados irmãos, tenho pensado muito em como estamos enquanto cristãos, estamos nos comportando corretamente? estamos fazendo o mandamento de Cristo " amar a Deus em 1º lugar e ao próximo como a nós mesmos? " honestamente acredito que muito poucos estão seguindo isso, dificilmente nos colocamos como Jesus naquela situação como no filme " Em seus passos o que faria Jesus?", claro que os dias de hoje são outros, mas o amor é o mesmo, o ajudar ao próximo é o mesmo; temos sido muito hipócritas, somos crentes amorosos dentro de nossas Igrejas com nosso irmãos conhecidos, mas entra um mendigo mal cheiroso, um bêbado ou uma prostituta e preste a atenção no comportamento dos irmãos, uns torcem o nariz, outros acham um absurdo uma prostituta declarada entrar na Igreja, outros se levantam se um bêbado se senta a seu lado, ele pode estar cheirando mal? pode, mas Jesus disse que veio os são? não, Ele veio para os doentes, necessitados e se nós que já temos um pouco mais de conhecimento da Palavra de Deus temos esse tipo de pré-conceito imagina o mundo que não tem como base os mandamento de Jesus.
     Nós enquanto Igreja, noiva de Jesus independente de denominação temos que começar a pensar e mudar nossa atitude porque nosso objetivo na terra é pregar o Evangelho a toda a criatura e não só aos que estão bem vestidos, perfumados, penteados, vamos deixar de ser hipócritas; hoje estamos vendendo o Evangelho de Jesus, através de homens que se promovem em Tvs, Rádios prometendo curas milagrosas, bênçãos sobrenatural, sei que pelo           poder de Deus muito mais pode acontecer, mas falar essas coisas pra lotar Igreja com falsas ilusões, não acho legal, minha mãe mesmo já entrou numa dessas uma vez onde a Igreja dizia dai tudo o que tens tudo mesmo e Deus lhe dará em dobro, na época ela acreditou nisso e deu tudo o que tinha, quando caiu em si percebeu que não é isso que Deus quer de nós mas aí já era tarde, e ela demorou para se refazer do que havia dado imaginando ganhar a graça de Deus, amados nunca devemos barganhar com Deus, (pedi, e dar-se-vos-à; buscai e achareis; batei e abrir-se-vos-á) (Mt: 7-7) e quando não recebemos é porque pedimos mal, mas nosso pai é fiel e justo para nos suprir em nossas necessidades e se passamos por dificuldades tem um propósito, se até Jesus sofreu horrores inimagináveis e venceu, nós também somos capazes, temos que ter força, oração, jejum, domínio próprio e muito amor à Deus, me entristece ver cantores gospel cada vez mais nas mídias, mas por trás de tudo só rola se tiver o vil metal, tem pastores que só porque são conhecidos cobram para pregar a Palavra de Deus, entendo que seus gastos com passagem, alimentação a Igreja que convidou deve chegar junto, mas tem uns que além disso cobram valores absurdos fazendo disso um comércio, uma forma de viver e particularmente acho isso errado, porque Jesus nunca cobrou nada a ninguém para ensinar, para curar, pelo contrário Ele pagou um alto preço por nós; oro à Deus para que essa situação mude porque senão muitos seguirão o caminho, mas poucos serão os que entrarão pela porta estreita, Jesus está voltando mas ainda dá tempo de mudar, vamos rever nossos conceitos, vamos acabar com a religiosidade, com as doutrinas criadas por homens porque isso não levará ninguém à Deus.

Jesus só quer de nós AMOR verdadeiro.




Dri Gorito.

quinta-feira, 8 de setembro de 2011

Saudação


Aos meus mais novos seguidores e amigos venho agradecer e espero que gostem do meu blog, estarei retribuindo a todos, deixem seus comentários, e boas sugestões serão sempre bem vindas, obrigada.


quarta-feira, 7 de setembro de 2011

A prática do jejum!


(Mt 6:16-18)

INTRODUÇÃO: Poucas pessoas meditam sobre o tema jejum e sua importância para a vida cristã.
            Sabe-se que há populações enfrentando fome. Existem, também, aqueles que protestam fazendo greve de fome. Existem os que fazem suas dietas para emagrecer, visando a estética.
            Mas, aqui, se deseja abordar o jejum como ato religioso, ou seja, para crescimento espiritual, visando maior intimidade com Deus.
O (v.18) apresenta o jejum sendo direcionado diretamente a Deus. A abstinência de alimentos, com a graça de Deus, resulta no fortalecimento da fé, na recompensa por parte do Pai Eterno. Essa recompensa é sempre justa.

A PRÁTICA DO JEJUM

1) O JEJUM É PRÁTICA RECOMENDADA NA BÍBLIA

=> Neste sermão pronunciado por Jesus, a prática do jejum é abordada pelo Mestre com o objetivo de torná-la mais compreensível. Ele mesmo já havia jejuado durante um longo período (Mt 4:2).

=> Existem vários exemplos bíblicos a respeito do jejum conduzindo a idéia de sua importância para a vida espiritual do povo de Deus. Examinemos alguns:

* Moisés (Êx 34:28)
* Os israelitas (1Sm 31:13)
* Josafá (2Cr 20:3)
* Esdras (Ed 4:16)
* Daniel (Dn 9:3)
* Jonas (Jn 3:5)
* A profetisa Ana (Lc 2:37)
* A Igreja Primitiva (At 13:1-3)

=> O jejum é a abstinência de alimentos por um determinado período com finalidade de crescimento espiritual, ou seja, com o propósito de agradar a Deus, ou receber dEle bênçãos especiais.

=> Jejuar é abster-se completamente de alimentos, na busca de certos alvos especiais, como a oração, a meditação ou a busca do Senhor, devido a alguma razão peculiar, ou sob circunstâncias especiais.
=> O jejum, na Bíblia, vem freqüentemente associado à oração. Assim sendo, o exercício do jejum deve ser acompanhado de orações, leitura da Bíblia, meditação e outras atividades espirituais. Oração e jejum estão quase sempre associados.

a) O jejum bíblico é voluntário

=> O jejum bíblico deve brotar de um desejo pessoal, repleto de liberdade. O jejum, sendo uma abstinência voluntária de alimentos, é um modo de se aumentar o auto-controle da vida cristã.

b) O jejum bíblico é flexível quanto ao tempo de duração

=> Na Bíblia é possível encontrar diversos períodos de jejum. Ele pode durar algumas horas, um dia, ou alguns dias, conforme a decisão de cada praticante.

=> O jejum não deve ser avaliado pela duração e freqüência e, sim, pelos seus resultados.

c) O jejum bíblico é feito para glória de Deus

=> Todas as atitudes humanas, especialmente as do cristão, precisam redundar na promoção da glória de Deus (1Co 10:31). Ao jejuar, o objetivo maior deve ser o engrandecimento do Reino de Deus.
=> No (v.18) Jesus recomenda o jejum direcionado ao Pai, pois só Ele é merecedor de nossos atos religiosos.

2) O JEJUM BÍBLICO É PRÁTICA QUE REQUER EQUILÍBRIO

=> Jesus observa que muitos dos que jejuavam o faziam erroneamente, isto é, cheios de formalidade, hipocrisia. Essas pessoas se mostravam contristadas e com o rosto desfigurados, a fim de serem notados pelos outros (v.16).

=> No exercício do jejum alguns desequilíbrios podem ocorrer; por isso, jejuar, exige bom senso, para que seja uma prática sem exageros.

a) O jejum bíblico requer equilíbrio para não virar exibição

=> Nunca se deve sair por aí publicando que se está jejuando; isto seria exibição de fé. Através do jejum, o cristão e toda a Igreja se esvazia de si mesmo e se enche do Espírito Santo.
=> Jejuar é esperar humildemente pela ação de Deus. Nada de exaltação pessoal. Nada de mérito humano.

b) O jejum bíblico requer equilíbrio para não prejudicar à saúde

=> O exercício do jejum não deve colocar em risco a saúde do praticante. O cristão deve lembrar-se de que o seu corpo é santuário do Espírito Santo.

=> Precisamos de corpos sadios. Os limites da nossa resistência física precisam ser respeitados para que não apareçam problemas de saúde.

c) O jejum bíblico requer equilíbrio para não atrapalhar a vida profissional

=> Na medida do possível, o jejum não deve prejudicar a vida profissional. É necessário bom senso para se combinar jejum com trabalho.

3) O JEJUM BÍBLICO É PRÁTICA QUE GARANTE RECOMPENSAS

=> Jesus conclui este assunto com palavras confortadoras, garantindo que (v.18) “Pai que vê em secreto, te recompensará”

a) O jejum bíblico traz profunda comunhão com Deus

=> O jejum proporciona o fortalecimento espiritual. Ele nos predispõe a uma sintonia mais intensa com o Pai Eterno.

b) O jejum bíblico traz disciplina pessoal

=> O jejum deve ser praticado discretamente. Ele é bom para a nossa própria disciplina. O jejun auxilia a evidenciar o fruto do Espírito Santo, especialmente o Domínio Próprio (Gl 5:23).
=> É oportuno considerar que, ao se jejuar, o organismo humano passa por um período de descanso, o que é fundamental para o seu bom funcionamento.

c) O jejum bíblico traz bênção

=> Que bênção é esta? Não sabemos explicar exatamente. Mas temos esta certeza. Ela é certa, boa e justa, pois é prometida e garantida pelo Pai Eterno.


CONCLUINDO: “Quando jejuamos nos alimentamos espiritualmente”  (Rev. D. Faria)

(Mt 6:16-18)






segunda-feira, 5 de setembro de 2011

Meus pensamentos!!

As vezes me pego pensando por que Deus me ama? já fiz tantas coisas que O desagradou, nem sempre fui uma filha obediente, já fui rebelde, já voltei as costas pra Ele, vivia fugindo Dele, inventando mil desculpas para não ir a Sua casa, e ainda assim Ele continuou me dando provas do seu imenso amor, até que não pude mais resistir e o poder do Seu Espírito Santo tocou meu coração, relutei um pouco, mas essa força era mais forte que eu e acabei não resistindo, e hoje dou Glórias a Deus por não ter desistido de mim, por ter aberto meus olhos a tempo; não significa que minha vida hoje é uma mar de rosa, passo por problemas como todo mundo, passo pelo deserto, mas hoje sei que o deserto não é local de moradia e sim de passagem e quando estou no meu deserto sei que não estou só, hoje não me envergonho de dizer essa coisas, por ter um pouquinho a mais de conhecimento da Bíblia e saber que grandes personagens da Bíblia sofreram, foram humilhados, perseguidos e que o maior Deles deu sua vida por mim e por você.
Agradeço a JESUS pelo imenso sacrifício que fez por mim, e vou me esforçar para ser merecedora de cada gota de sangue que Ele derramou por mim.





Bjos Dri

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...